Sendo inverno

inverno-1870

Eu hoje estou  inverno.

Minhas flores fecharam, minhas folhas secaram, minha grama queimou.

Estou sendo beijada pelo sereno gelado da saudade.

O vento do tempo, agora, resolveu sacudir meus galhos magros e ressequidos.

Nesse momento, o sol ilumina e tenta dar energia, a terra tenta dar nutrientes, minhas raízes se retorcem em busca de alimento.

Mas é inverno, tempo de olhar pra dentro, tempo de buscar a energia e a luz dentro de nossa própria seiva.

Chegada a hora de curar feridas, de deixar o velho cair e secar, se preparar para a primavera que vai chegar.

Hoje é saudade, frio e interno. Amanhã é presente, esperança e cor.

Hoje sou inverno, amanhã serei primavera.

E que os anjos digam “Amém”!

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png

Anúncios

Não dito

mn

Nossa, você sumiu mesmo. (Podia dizer: sinto sua falta em demasia.)

Oi, como você está? (Podia dizer: eu me preocupo com seu bem estar e felicidade.)

Vi aquela imagem, acabei lembrando de você. (Podia dizer: lembro constantemente de tudo e nem preciso de motivo.)

Então, apareça. (Podia dizer: preciso te ver.)

Gosto de conversar com você. (Podia dizer: nos entendemos com fluidez e naturalidade exagerada.)

Até logo, beijos. (Podia dizer: não quero dizer adeus.)

Gosto muito de você. (Podia dizer: te amo.)

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png

Subida

cybdqnpxaaa_l0n

O sonho era alto e possível.

Ele estava logo ali, ao alcance de um chute ou de uma defesa.

Foram grandes passes até chegar ao ápice. Foram desafios difíceis, foram defesas de uma vida, foram gols de decisões únicas.

Foram jovens que seriam estrelas, e são.

Foram famílias que deram quase tudo que tinham para que a bola rolasse.

Foi uma cidade inteira deixando-se abraçar pelo verde da esperança.

Foram imagens que davam outros tons ao que era trivial.

Foram vozes que calaram fundo as nossas emoções.

Foram homens com o poder nas mãos e fizeram o melhor que poderia-se esperar de suas ações.

Foram horas, anos de experiência em pilotar uma  máquina, a vida.

Foram horas, anos servindo desconhecidos amigos.

Era um título, mas o quanto isso poderia ser.

Então veio a chuva, veio a montanha, veio a confusão, veio o inevitável.

Virou união, amor, solidariedade, amizade, abraço universal, lágrima de corações que nunca que se viram, divisão da dor, unir de mãos, orar em coro, chorar em silêncio em meio a multidão.

E, ainda, é querer e poder acreditar que nada acabou, que de uma forma ou de outra tudo continua mesmo que a saudade doa, que os por quês questionem, que a razão não entenda.

O finito nos alcança, mas somos todos eternos.

#ForçaChape

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png