Off to sleep

“Time stood still for a while
Your hand was holding mine
The stars that shined in your eyes
Don’t let them go by
Fly on you golden girl
And take on your fears
I’ll be with you in your dreams
The world is darker than it seems

And I’ll be waiting for the light
That guides us through the worst of nights
And I’ll be waiting for the sign
You’re coming back
And you have found your path

I know that you’ve seen the worst
Your heart’s been torn before
Those creatures won’t let you go
So hang onto what you know
So sail on you golden girl
And fight against those fears
I’ll be with you in your dreams
All the world without a queen

And I’ll be waiting for the light
That guides us through the worst of nights
And I’ll be waiting for the sign
You’re coming back
And you have found your path”

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png

Anúncios

De repente?

img_4679

Sabe o que é?

De repente as borboletas deixaram de voar pelo universo perdido de nossas barrigas.

De repente as mãos deixaram de ser ansiosas em sentir o toque da pele do outro.

De repente o beijo não tocava mais sinos, não tocava mais o coração.

De repente a fogueira virou brasa e o vento foi levando as cinzas.

De repente o nós deixou de ser primeira pessoa do plural para ser primeira pessoa do singular.

De repente algo partiu e não houve mais como colar..

Simplesmente, De repente...

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png

Tardes da vida

 

shutterstock_167484665

Numa tarde dessas o sol brilhava ardente e o céu estava azul como era esperado numa época como aquela.

O vento quente soprava forte na esperança de ser refresco…

E numa dessas tardes é que a gente pára e pensa na vida, pensa no sentido de tudo e nos seus porquês…

A vida não é boa em dar respostas, ela é boa em mostrar. Nos giros que ela dá em si mesma, no tempo que não nos pertence, no controle que não existe, ela mostra as verdades que ela esconde.

Então, as vezes, assim, numa dessas tardes da vida a gente se depara com verdades indecifráveis, com sonhos perdidos, com sentimentos insensatos e saudades mirabolantes.

Tardes da vida, mas nunca tarde pra saber e nunca tarde pra soltar um clichê..

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png