Do indecifrável saber dos sentimentos

dsc_0155-1

Quando o cheiro é mais que um aroma entrando pelas narinas.

Quando a música é mais que notas melodiosas invadindo ouvidos.

Quando o correr dos carros na ruas cheias é mais que o trânsito diário.

Quando o sono que chega é mais que um cansaço, é sonho, é fuga.

Quando palavra é mais que verbo, substantivo e adjetivo.

Quando o silêncio é mais que o vazio do som.

Quando olhos são mais que a porta da alma.

Quando o coração é mais que um órgão que bate rápido demais.

Quando a pele é mais que sensorial.

Quando a lembrança é mais que passado.

É o saber dos sentimentos que não tem ciência que explique, dê solução.

É apenas sentir e fim.

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png

Anúncios