Espelho

espelho4

Aquele momento que a gente olha e se vê.

Viramos espectadores de nossas próprias histórias. Aquele olhar de fora e sem reconhecimento.

“Afinal, que vida é essa que to levando? Quem é esse aí? Essa vida não é minha!”

Mas é sim! É tanto que te dói. Porque quando você olha e enxerga o espelho da realidade, ele te machuca. Machuca ver suas dúvidas, seus medos, seus erros, suas consequências.

Dói aceitar que não somos nem metade do que sonhamos ser. Do que desejamos ser. Do que acreditamos ser.

Contudo dor existe para ensinar, para moldar, para fazer crescer. De tudo isso, da vida que parece ser outra, do protagonista que parece não ser nosso, tiremos o material que nos fará, um dia, ser aquele que ansiamos ser. Um dia que pode não ser amanhã, mas será um dia.

A eternidade é feita das reticências diárias, das lutas internas, das reformas íntimas.cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png..

pedacinhos

“Às vezes se eu me distraio
Se eu não me vigio um instante
Me transporto pra perto de você”

“Só por hoje não quero mais te ver
Só por hoje não vou tomar minha dose de você
Cansei de chorar feridas que não se fecham, não se curam (não)
E essa abstinência uma hora vai passar”

“Depois você me vê vermelha e acha graça
Mas eu não ficaria bem na sua estante”

Pitty

Não dito

mn

Nossa, você sumiu mesmo. (Podia dizer: sinto sua falta em demasia.)

Oi, como você está? (Podia dizer: eu me preocupo com seu bem estar e felicidade.)

Vi aquela imagem, acabei lembrando de você. (Podia dizer: lembro constantemente de tudo e nem preciso de motivo.)

Então, apareça. (Podia dizer: preciso te ver.)

Gosto de conversar com você. (Podia dizer: nos entendemos com fluidez e naturalidade exagerada.)

Até logo, beijos. (Podia dizer: não quero dizer adeus.)

Gosto muito de você. (Podia dizer: te amo.)

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png

Esqueça os espinhos

rosa

Deem flores, mas prepare os dedos para os espinhos…
Contudo lembrem-se, a beleza que inunda os olhos e o perfume que preenche os pulmões ainda vale cada furada.

A dor vem, e é sozinho que cada tem que se curar.
Peguem suas rosas.

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png

Do indecifrável saber dos sentimentos

dsc_0155-1

Quando o cheiro é mais que um aroma entrando pelas narinas.

Quando a música é mais que notas melodiosas invadindo ouvidos.

Quando o correr dos carros na ruas cheias é mais que o trânsito diário.

Quando o sono que chega é mais que um cansaço, é sonho, é fuga.

Quando palavra é mais que verbo, substantivo e adjetivo.

Quando o silêncio é mais que o vazio do som.

Quando olhos são mais que a porta da alma.

Quando o coração é mais que um órgão que bate rápido demais.

Quando a pele é mais que sensorial.

Quando a lembrança é mais que passado.

É o saber dos sentimentos que não tem ciência que explique, dê solução.

É apenas sentir e fim.

 

cropped-2_flat_logo_on_transparent_234x75.png